Rede Sismográfica do Sul e do Sudeste do Brasil - RSIS


A Rede Sismográfica do Sul e do Sudeste do Brasil instalou 18 estações sismográficas de alto desempenho e operação contínua. Cada estação abriga equipamentos de sismologia de banda-larga para monitorar continuamente a atividade sísmica da região, com o objetivo de definir o padrão sismológico da margem continental sudeste e de coleta de dados geofísicos na costa Sul e Sudeste do Brasil, a fim de oferecer subsídios para um melhor conhecimento da geologia do território nacional.

Além dos equipamentos indicados, foram adquiridos diversos equipamentos de medição e testes, incluindo uma mesa de calibração de sensores Lennartz modelo CT-EW1.